sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

A Caminho de Belém

Chegamos a mais um Natal e como é evidente, não podíamos deixar de invocar esta quadra festiva e todos os sentimentos que emanam da época natalícia. É neste dia que, aparentemente e por breves momentos, todos nós esquecemos o egoísmo próprio do Homem, dando lugar à partilha, à alegria e, sobretudo, à fraternidade entre todos, altura em que sobressai o reunir da família, enquanto uma das muitas manifestações da mensagem de Cristo. Tal como se escreveu na contracapa do disco, “não há Natal sem música, sem alegria, sem o repicar festivo dos sinos, sem a alegria das crianças.”.
Dados os enormes conflitos, consumismo desenfreado e guerras que assolam cada vez mais toda a humanidade, somos obrigados a reflectir em relação ao actual impacto que o Natal tem na sociedade contemporânea. Contudo, como o objecto do nosso blogue é diverso, não nos alongaremos demais nestas considerações laterais, lançando apenas para o ar uma interrogação mais do que batida: “Afinal o Natal não devia ser todos os dias ?”.



Pois bem, ao escolhermos hoje este tema conseguimos reunir, em pouco mais de 2 minutos, a alegria, os sinos de Natal (através dos onomatopaicos Coros da Orquestra de Resende Dias) e a alegria das crianças, não fosse “A caminho de Belém”, interpretado por uma criança de nome Nelinha Bigaíl.
À data do lançamento deste E.P. não era muito profícua a produção, em disco, de composições de Natal não populares, pois o seu espaço comercial era reservado quase em exclusividade às composições eruditas, circunscritas aos temas clássicos germano/ anglo-saxónicos de Natal.
Para além de Nelinha Bigaíl, interpretam este disco o Coral Sacro de S. Tarcísio da Igreja da Lapa, dirigido pelo Padre Manuel de Lima, Júlio Guimarães e a já referida Orquestra e Coro de Resende Dias.


Escolhemos, de entre os quatro temas do disco “Noite Santa, Noite Feliz”, uma composição de carácter profano, uma vez que aborda não só o Natal, como também a viagem dos Reis Magos na sua jornada até à gruta de Belém, sendo de destacar a particularidade de sobressair do arranjo instrumental o acordeão como instrumento solista.



video

Clique no Play para ouvir um excerto de "A caminho de Belém"


Lado A 1. Noite Santa, Noite Feliz (pelo Coral Sacro S. Tarcísio da Igreja da Lapa)
Lado A 2. Natal (Júlio Guimarães)
Lado B 1. A caminho de Belém (Nelinha Bigaíl e Coro e Orquestra de Resende Dias)
Lado B 2. Vamos ao presépio (pelo Coral Sacro S. Tarcísio da Igreja da Lapa)

Sem comentários: